top of page
  • Foto do escritorXN Artesanatos

Quais são as principais características do artesanato?

Conheças as principais características do artesanato, sua história e muitas curiosidades sobre esta arte incrível.



Diversidade, costumes e tradições. São palavras que definem bem o que é artesanato. Uma prática familiar que atravessa gerações e que até hoje é fonte de renda para famílias que dependem da técnica para proverem o sustento de seus familiares.


Não podemos negar que o artesanato ocupa um lugar extremamente importante quando o assunto é cultura, isso porque as peças produzidas retratam sobre as vivências dos povos. Por isso, é muito importante conhecer um pouco mais sobre as origens desta técnica e suas principais características.


A origem do artesanato

Antes de adentrarmos ao assunto central deste post, precisamos rememorar a origem desta técnica manual. Isto será importante para destacarmos as principais características do artesanato, uma vez que reconhecemos as influências culturais na construção filosófica da técnica.


O artesanato é uma técnica manual milenar, a mais antiga do mundo. Historicamente, vemos o artesanato surgir ainda no período pré-histórico, também chamado de período neolítico.


O artesanato no período neolítico era praticado pelos “homens das cavernas” que fabricavam os seus materiais de caça, alimento, vestimenta entre outras coisas. Com isso, diante da necessidade de se adaptarem ao meio, os homens do período neolítico passaram a aprimorar a técnica polindo e moldando pedras, fabricando cerâmica, tecendo fibras vegetais e também animais. Tudo feito manualmente à partir do uso de uma matéria-prima.


Marcos históricos

Com o passar do tempo, o artesanato foi se consolidando no mundo, isso porque, notadamente, grandes momentos históricos marcaram e deram maior visibilidade à técnica ou tiraram a sua visibilidade.


Em primeiro momento, podemos citar a Revolução Industrial como um marco histórico importante da técnica. Por volta do ano de 1760 - período em que ocorreu a Revolução Industrial - o artesanato sofreu uma grande desvalorização do mercado, uma vez que as indústrias possuíam grandes máquinas e ainda capacidade de remuneração para funcionários. Diante disso, muitos artesãos deixaram de fabricar suas peças para ir trabalhar dentro das fábricas.


Com a Revolução Industrial a todo o vapor, começou a surgir a dualidade de filosofias. De um lado o capitalismo efervescente e de outro lado os artistas e pensadores que pregavam ideais socialistas.


Foi então que a figura de Karl Marx surgiu com a ideia de que “o artesão não poderia perder sua posição e sua identificação com o produto''. Logo depois foi criado o grupo “Artes e Oficios”, por William Morris, que visava valorizar a técnica em meio à crescente das indústrias.

Principais características do artesanato

O artesanato é uma técnica manual que dispensa a utilização de máquinas automatizadas para a criação de peças e produtos. Basicamente, faz a transformação de uma matéria-prima em objetos úteis para o consumidor. Dessa forma, apenas um indivíduo é responsável por todo o processo de produção da peça.


O artesanato advém, principalmente, de referências culturais e familiares, onde podemos identificar algumas de suas características principais. Confira!



Prática familiar

O artesanato é uma prática familiar que passa por gerações. Geralmente esta técnica manual envolve o auxílio de toda a família, como um negócio familiar que é fonte de renda para o sustento de todos da casa.


Rentabilidade

Para a produção dos produtos são utilizadas matérias-primas de origem natural, como madeira, cerâmica, barro, palhas, renda entre outros, promovendo assim uma rentabilidade maior.


Diversidade cultural

Como já mencionamos, o artesanato ocupa um lugar extremamente importante quando o assunto é cultura, isso porque as peças produzidas retratam sobre as vivências de povos. Desse modo, o artesanato retrata a diversidade cultural, uma vez que objetos representam muito sobre a cultura do país, desde a matéria-prima até todas as técnicas empregadas no processo de criação das peças artesanais.


Sustentabilidade

Esta técnica fomenta a sustentabilidade, afinal, para produção de peças artesanais é possível utilizar produtos recicláveis ou que não possuem mais uma vida útil. Assim é também uma forma de minimizar a poluição e melhorar as condições do meio ambiente.


O artesanato faz parte da nossa história, é uma riqueza da cultura brasileira, e deve ser sempre estimulado.


Se você é apaixonado por artesanato, precisa conhecer a XN Artesanatos. A XN Artesanatos é um mercado de obras artesanais on-line. Aqui reunimos pessoas que fazem artesanato de qualidade para que você possa ter acesso à obras autênticas e itens exclusivos.

6.229 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page