top of page
  • Foto do escritorXN Artesanatos

É possível viver de artesanato?

Você já deve ter se feito esta pergunta: é possível viver de artesanato? A resposta é sim.


Será possível viver de artesanato? Você sabia que mais de 8,5 milhões de brasileiros se mantêm desta forma? São dados de pesquisas do IBGE. Este mercado movimenta cerca de 50 bilhões de reais por ano.

A bióloga Pâmela, de Campinas no estado de São Paulo, sem oportunidades de trabalho em sua área, acabou investindo o que tinha em uma paixão: artesanato. E adivinha só? Deu super certo. De acordo com ela, artesanato já era parte da sua vida, mas foi quando ficou desempregada que resolveu investir e divulgar suas obras via redes sociais.

Acredite, esse é apenas um dos muitos casos de sucesso que temos distribuídos em todas as regiões do Brasil.

Viver de artesanato parece um sonho, mas com um planejamento adequado e levando o seu negócio a sério você pode chegar lá.

Gostaríamos de dividir algumas dicas com você, que compartilha esse sonho, mas ainda se sente perdido ou temeroso.


Conheça suas limitações e entenda o seu negócio

Qual a sua maior preocupação? Não conseguir dinheiro para pagar as contas? Não conseguir vender seus produtos? Não saber o que fazer?

Muitas perguntas devem passar pela sua cabeça quando falamos em viver de artesanato. É pelas respostas dessas dúvidas que você precisa começar.

Seja realista. Comece compreendendo suas limitações e suas potencialidades. Não seja perfeccionista, mas não comece sem pensar.

Defina o que você pretende desenvolver, calcule o preço de venda dos seus produtos (link para o artigo sobre preço de venda), faça uma pesquisa de mercado, tenha em mente uma expectativa real de lucros e veja se esse valor dá para bancar o seu estilo de vida.


Você precisa se planejar

Você agora é dono do seu próprio negócio, tudo está em suas mãos. Tenha um bom planejamento antes de colocar a mão na massa.

Em seu plano, considere despesas corriqueiras, chances de lucro, crie uma meta de vendas, defina um nicho de mercado e programe suas atividades cotidianas.


Nesse momento inicial, gaste o menos possível. Existe ainda muito espaço para artesãos no mercado, a possibilidade de adquirir produtos exclusivos e personalizados parece se tornar cada vez mais atrativa. Contudo, de qualquer forma, minimize os riscos.

Se você já tem vendido, ou seja, possui alguma clientela já estabelecida e fiel, talvez possa arriscar um pouco mais, afinal, possui mais noções do que está por vir.

Em todo caso, entenda a demanda do mercado e produza peças que possuam alto potencial de vendas. Além disso, não há necessidade de um estoque tão grande, invista aos poucos em matéria-prima e vá produzindo a medida que produtos finalizados forem saindo.

Deixe tudo planejado desde o início para não passar apertos mais tarde.



Como ganhar dinheiro para viver de artesanato

Ganhar dinheiro com artesanato é mais fácil do que você imagina, principalmente devido ao alto percentual de lucro em cada peça. O preço da matéria-prima costuma ser bem acessível e o restante dos gastos se resumem principalmente a tempo de dedicação.

Se você produz com qualidade e atende bem a um desejo ou necessidade do público, não terá problemas para gerar renda.

No entanto, se o seu plano é viver de artesanato precisa garantir um percentual de ganhos mensais no mínimo razoável. Para fazer esse cálculo você precisará considerar os custos da sua produção, o tempo dedicado e alguns fatores relacionados ao mercado, como preço médio e concorrência.

Coloque na ponta do lápis quanto você precisa investir do seu tempo e dinheiro para produzir cada item, e veja quanto você precisa vender para atingir uma meta mínima de lucro mensal.

É possível atingir essa meta? Existe mercado para o seu negócio?


Você precisa vender

Agora que você já tem em mente tudo o que precisa para começar, e já sabe exatamente qual o mínimo que terá que produzir para conquistar uma renda e manter seu custo de vida, chegou o momento de vender.

A primeira regra para ganhar dinheiro e o erro mais cometido por pessoas que acham impossível viver de artesanato é: não basta produzir, você precisará investir tempo e dinheiro para vender o que produz.

As peças que se acumulam no estoque se tornam prejuízos.

Mas, você deve estar se perguntando, como vender artesanato (link para o artigo como vender)?


Nas lojas da região

Faça uma visita ao comércio da sua cidade e apresente alguns de seus produtos. Ofereça uma margem de lucro ao dono do negócio. Essa parceria pode render excelentes frutos para ambos os lados.


Use as redes sociais

Todo negócio merece um perfil nas redes sociais, inclusive o seu. Foi assim que a bióloga da história com a qual começamos esse artigo iniciou suas vendas, e é assim que você pode começar também. Com um baixo investimento inicial é possível aumentar a visibilidade do seu trabalho e em pouco tempo passar a vender para todo o país.

Mercado online de artesanatos

Ainda não conhece a XN Artesanatos? Uma plataforma exclusiva, o lugar certo para você que deseja vender muito e viver de artesanato. Saiba mais!

85 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page